MENSAGEM
Johann Gutenberg ao inventar os caracteres móveis por volta dos anos de 1444, não imaginaria que o seu invento viria a mudar o mundo e que aquele seu acto seria a “luz” para a cultura e a comunicação dos vindouros.

Efectivamente, a partir daquela altura a cultura ficou acessível a um maior número de pessoas, até aí só acessível através de manuscritos caríssimos a um número reduzido de pessoas.

Durante 150 anos após a sua invenção só imprimiam livros e folhetos. Só muito mais tarde viriam os jornais com o aparecimento das linhas de correio.

Nos tempos actuais, passados que são 564 anos depois de Gutenberg, a comunicação é de tal maneira  preciosa e fundamental que já nada se faz sem ela.

Diversos profissionais do marketing, design e impressores ocupam-se no seu dia-a-dia de pensar e imprimir todo o tipo de comunicação sobre as diversas formas. Definem-se estratégias, delineiam-se caminhos, rumos, formas de comunicação...

Na linha final desse empreendimento aparece a gráfica e obviamente, entre elas, a Rebelo, onde o nosso objectivo é dar exemplar cumprimento a todas as expectativas criadas.

Os investimentos que temos levado a efeito ano após ano, tanto na área digital de pequeno e grande formato, como na área do offset tradicional, permitem-nos cumprir aquele desiderato.

Mas, enfim, só existimos, porque um dia existiu Gutenberg!




Armindo Rebelo
Administrador



facebook  linkedin